Menu

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

RESENHA #17 Cinquenta Tons de Cinza -E.L. James

Então essa é a minha primeira resenha, e nada mais justo que a primeira resenha da minha vida seja sobre o primeiro livro da minha vida certo?
A Trilogia 50 tons de E.L James, um romance erótico, conta a história de Christian Grey, um CEO, consequentemente um homem muito rico, que devido a traumas do seu passado sombrio não é capaz de confiar plenamente em alguem, vivendo assim sem relacionamentos serios, porem isso não quer dizer que ele passou a vida inteira sozinho, ele tinha muitas mulheres loucas para terem a chance de sequer aproximar-se dele, mas o seu jeito singular acaba por afastar algumas, Christian vivia em seu próprio mundo, livre de qualquer drama, aceitava e gostava da vida que tinha, até que uma pessoinha apareceu pra bagunçar, Anastacia Steele, uma virgem de 21 anos cursando a Faculdade de Literatura, digo a vocês, ela é uma sortuda!
Ana uma mulher totalmente insegura, com uma vida praticamente sem relacionamentos, acaba que por uma ironia do destino, tendo que substituir sua amiga Kate, estudante de jornalismo, em uma entrevista com o Sr.Grey, e ela entrou com tudo nessa, e quando digo isso quero dizer que ela caiu, sim, ela caiu de quatro na sala do cara mais sexy de Seattle, e o mico do ano vai para?...pra ela mesma! E depois dessa entrevista eles passam a se encontrar "acidentalmente" em vários lugares, e depois de uns dias ela pediu que ele fizesse amor com ela e bom pra que resposta melhor que "Ana eu não faço amor, eu fodo com força" nem preciso dizer que ele assustou a garota ne? Mas no fim das contas ele foi até carinhoso, porem seu lado sádico resolveu dá as caras e ele logo lhe apresentou um contrato bem curioso, propondo a ela ser sua submissa, e com algum dos seus fetiches, não vou cita-los, vocês tem que ver com seus próprios olhos e livro em mãos. De antecipação o final é destruidor, mas calma, nada que uma conversa não resolva, então adiquiram o próximo logo, pois por experiência própria, você fica em tempo de arrancar os cabelos de curiosidade. O segundo livro da trilogia (50 tons mais escuros) é um pouco mais romântico e nele é possivel notar algumas mudanças na vida de ambos, sem muitos detalhes pois acabaria saindo uns spoillers, e isso não pode, o final também é destruidor mas de um jeito ótimo, o terceiro (50 tons de liberdade) complementa o segundo, seguindo com o romantismo, tendo um desfecho impecável em minha opinião, um final perfeito para os livros perfeitos, acho justo, concordam?
Não preciso dizer que esse é o tipo de livro que te prende do início ao fim, 50 tons de cinza ao contrário do que ja ouvi muito por ai não é apenas sexo, é um romance, com uma dose generosa de erotismo, cortesia da Tia E.L James.Acima de tudo, 50 tons de cinza é uma história de superação de temores passados, confiança, amor, entrega, desejo... é a mudança de um homem incapaz de amar, de se entregar inteiramente a alguem, se transformar em um homem que faria tudo por uma mulher, uma única mulher. É uma mulher totalmente insegura de si e de sua sensualidade, se transformar em uma mulher sexy, que deseja e é desejada, que se entrega de corpo e alma a um homem, um único homem.Essa história é a prova de que alguém, se for a pessoa certa, pode mudar a vida de outra pessoa de maneira irreversível.


Obs : Essa imagem foi adicionada por Leticia :3 kkkkkk' não resisti !

Espero que tenham gostado, em breve farei um post comentando a cerca do filme, sim vamos ver tudo isso no telão do cinema *-* Até mais Bjo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário , adorarei responde-lo :)