Menu

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Resenha #27 Maze Runner: Prova de fogo

Olá pessoal, como prometido ai está a resenha da continuação de Maze runner: correr ou morrer

Maze Runner: Prova de fogo de James Dashner.


Sinopse: Depois de superarem os perigos mortais do labirinto, Thomas e seus amigos acreditam que estão a salvo em uma nova realidade. Mas a aparente tranquilidade é interrompida quando são acordados no meio da noite com gritos lancinantes das criaturas disformes - os Cranks - que ameaçam devorá-los vivos.
Antes do amanhecer, os Clareanos descobrem que a salvação na verdade pode ser outra armadilha, ainda pior que a Clareira e o Labirinto. E que as coisas não são o que aparentam.





                                                               Minha opnião:

Minha nota pra esse livro é 10,0
O livro já começa numa agitação total, logo após sairem do labirinto, Thomas e os clareanos acham que estão finalmente livres dos experimentos do C.R.U.E.L, porém o que eles não esperavam é que todo o resgate foi apenas uma encenação e uma iniciação para a fase 2, que é ainda pior do que o labirinto.
A história do livro de passa em um deserto, que existe devido a um desastre solar que caiu sobre a terra. E além de terem que se submeter ao calor e a sede ainda existem outras ameaças: Os Cranks. Criaturas lunáticas e sanguinárias que ameaçam a vida deles.
Devo dizer que o livro me surpreendeu do inicio ao fim, conta com um clima de tensão e muito mais mistério que o primeiro volume da trilogia. Thomas se vê em momentos de extrema confusão, pois nunca sabe o que é real e o que é obra do C.R.U.E.L. A personagem de Teresa que nos intriga desde o primeiro livro fica cada vez mais misteriosa e suas atitudes nos deixam ansiosos pelos próximos acontecimentos. Há também a inclusão de novos personagens como Aris, um garoto misterioso que aparece repentinamente com uma notícia um tanto surpreendente, e Brenda, uma garota que se encontra no deserto e que ajuda Thomas em sua passagem.
Confesso que meu maior medo ao começar a ler esse livro era que ele não correspondesse as minhas altas expectativas devido a minha opinião sobre o primeiro volume da serie. Porém elas foram alcançadas e até mesmo excedidas. Não consegui parar de ler até acabar o livro, e mais uma vez a conclusão deixa um gostinho de quero-mais. James Dashner se superou com seus métodos de escrita, impondo suspense do inicio ao fim e criando cada vez mais curiosidade pela conclusão dessa trilogia maravilhosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário , adorarei responde-lo :)