Menu

sábado, 22 de agosto de 2015

Resenha 43 #Cidade do Sol - Khaled Housseine

Boa tarde leitores , eu estou extremamente ocupada com vestibulares e provas e ainda meu trabalho e claro meus livros , no meu desafio literário I Dare You no mês de Agosto o tema é Polêmico , na verdade no começo eu começei a ler Proibido , um livro cujo tema seria Incesto , no começo estava meio receosa e li algumas páginas e não gostei , então mudei de livro e peguei um livro meu que estava abandonado Cidade Do Sol , ano passado eu li duas páginas dele e não gostei , segunda eu peguei ele e meu olhar diante da história foi totalmente outro , bem antes de tudo este livro é muito especial para mim , com sua história envolvente e simples , muito drama em volta , confesso que queria ter chorado mais por este livro , mas meu EU não deixou kkkkk , o livro está de parabéns ! Vamos a resenha ?
 Resultado de imagem para cidade do sol

"Mariam tem 33 anos. Sua mãe morreu quando ela tinha 15 anos e Jalil, o homem que deveria ser seu pai, a deu em casamento a Rasheed, um sapateiro de 45 anos. Ela sempre soube que seu destino era servir seu marido e dar-lhe muitos filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos.Laila tem 14 anos. É filha de um professor que sempre lhe diz: 'Você pode ser tudo o que quiser.' Ela vai à escola todos os dias, é considerada uma das melhores alunas do colégio e sempre soube que seu destino era muito maior do que casar e ter filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos.Confrontadas pela História, o que parecia impossível acontece: Mariam e Laila se encontram, absolutamente sós. E a partir desse momento, embora a História continue a decidir os destinos, uma outra história começa a ser contada, aquela que ensina que todos nós fazemos parte do 'todo humano', somos iguais na diferença, com nossos pensamentos, sentimentos e mistérios."


A história se centraliza em primeiramente em Mariam , uma desonra para família , sua mãe uma empregada de um dono de cinema muito rico de Herat , deitou-se com seu padrão e gerando assim uma menina Mariam , elas foram expulsas de casa para o pai de Mariam , Jalil não passar a vergonha deste ato . Mariam e Nana , sua mãe , cresceram na aréa rural da cidade , em kolbas , aparentemente pequenas cabanas no meio do mato , ela viveu ali durante seus 15 anos , até que um ato de burrice de Mariam de ver seu pai , que via a menina todas as quintas feiras uma hora e pouco por semana . Ela então fugiu de casa e passou a noite na rua , em frente da casa de seu pai , já que ele uma vez não queria deixar ela entrar por harami , uma filha fora do casamento . Sua mãe então não tendo mais nada neste mundo , a não ser sua filha que fugiu decide se matar , no dia seguinte Mariam volta para sua casa desolada , já que o prórprio pai á abandonou na rua , vê sua mãe morta , enforcada numa árvore .

"Mariam se sentia digna das belezas e das coisas boas que a vida tinha para oferecer." (Pág. 11)
"Assim como uma bússola precisa apontar para o norte, assim também o dedo acusador de um homem sempre encontra uma mulher à sua frente." (Pág. 12)
"As palavras de Deus nunca vão traí-la, minha menina." (Pág. 21)

Mariam que sempre viveu no campo , teve sua vida mudada drasticamente , com apenas dois dias morando na casa de seu pai , Jalil dá a mão de sua filha á um sapateiro de 45 anos em Cabul . Ela então com 15 se casa com um velho de 45 . Ela sofre ano após ano nas mãos deste homem . No meio do livro entra a segunda personagem Laila , uma menina livre que vive  com seus pais em Cabul , acidendalmente ela é vizinha de Mariam e Rashid . Ela tem um amigo desde pequena chamado Tariq , cujo não tem uma perna devido as guerras decorrentes no Paquistão . Eles então crescem e um sentimento toma conta de seus corações , até que a guerra está tão violenta em seu país que os pais de Tariq decidem fugir e os pais de Laila decidem ficar decorrentes a sentimentos da família . Os pais de Tariq morrem na viajem e ele desaparece por uns tempos .

“– Vou ser mãe – disse ela, em voz alta. E começou a rir sozinha, repetindo aquela frase, saboreando aquelas palavras. Quando pensava no bebê, seu coração crescia no peito. Crescia e crescia até que todas as tristezas, as dores, a solidão e o sentimento de inferioridade que haviam povoado a sua vida desapareciam por completo. Foi para isso que Deus a trouxe até aqui, fazendo-a atravessar o país de um lado a outro. Agora sabia disso.“ (Pág. 82)
“O tempo podia esticar ou encolher, dependendo da presença ou da ausência de Tariq.” (Pág. 99)
“De todas as dificuldades que uma pessoa tem de enfrentar, a mais sofrida é, sem dúvida, o simples ato de esperar.” (Pág. 114)

Quando os pais de Laila decidem ir embora por causa da guerra , uma bomba cai em cima de sua casa e seus pais morrem , deixando-a sozinha . Mariam e Rashid então começam a tomar conta dela , ela tem 14 anos . Rashid que é um velho nogento decide então já que ela não tem para onde ir pedir ela em casamento . Ela grávida de Tariq escondido é claro , decide se casar para salvar a vida de seu filho . Mariam se sente traída por Laila , por roubar seu marido . E uma rivalidade entre elas começa , até que as duas percebem que estão no mesmo barco da amargura da vida .

"Em poucos anos, essa menina vai ser uma mulher que pede muito pouco da vida, que nunca incomoda ninguém, nunca deixa transparecer que ela também tem tristezas, desapontamentos, sonhos que foram menosprezados. Uma mulher que vai ser como uma rocha no leito de um rio, suportando tudo sem se queixar. Uma mulher cuja generosidade, longe de ser contaminada, foi forjada pelas turbulências que se abateram sobre ela." (Pág. 353)
"Talvez este seja um castigo justo para aqueles que não tiveram coração: só compreender isso quando não se pode mais voltar trás." (Pág. 357)

Será que Tariq aparecerá para salvar Laila ? Será que Mariam vivida somente em tristezas conhecerá o amor ? e será ainda que Rashid é um homem tão bom quanto parece ? Leia este livro e se encantará com a história maravilhosa que Khaled Hosseine conseguiu criar . Minha nota 100000 com certeza , nunca em minha vida li um livro mais emocionante quanto este .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário , adorarei responde-lo :)